Como se desenvolve o ESDE Verão

Apesar da programação do ciclo de debates não adotar exatamente a estrutura dos estudos sistematizados desenvolvidos durante o ano, o ESDE Verão possui uma metodologia própria, construida através da experiência adquirida nas atividades de estudos da Doutrina Espírita realizadas pelo TAREFEIROS.

Via de regra, segue-se uma certa sequência para facilitar o entendimento da proposta do ESDE Verão, bem como para promover, de uma forma descontraída, a integração dos participantes nos debates e reflexões que ocorrerão durante o transcorrer do filme. Para O Senhor das Moscas estão previstas cinco sessões, sendo uma por semana, às quintas-feiras à noite, com duração de uma hora e trinta minutos. Em cada sessão de estudo, assiste-se um trecho do filme, com um tempo determinado, quando são discutidas as principais questões identificadas pelos participantes e coordenadores dos debates.

De forma semelhante a um cine clube, os participantes são convidados a assistir,  discutir e refletir sobre o conteúdo ou mensagens das cenas do filme. São fornecidas orientações pela coordenação dos debates sobre os aspectos mais importantes que podem ser observados, tais como: diálogos, fotografia, história, música e imagens. A depender do desenrolar do enredo, haverá momentos em que é interrompida a projeção da película para discussão da temática proposta pelo diretor do filme. Após as conclusões parciais, pois muitas vezes somente no final do filme poderá se obter uma visão mais abrangente e mais clara sobre a problemática existencial e dos relacionamentos humanos, retorna-se a assistir o filme, a partir de onde se parou.  E, assim, a cada sessão, a compreensão e reflexões doutrinárias vão se tornando mais fundamentadas e conclusivas.

Abordagem temática

  • Escolhas e livre-arbítrio;
  • Provas, expiações e missões;
  • Ética e valores morais;
  • O bem e o mal;
  • Maturidade do senso moral;
  • Pluralidade das existências
  • Influências do grupo e arrastamentos;
  • Medo, fé e esperança;
  • Amor, bondade e caridade;
  • Evolução espiritual;
  • Consciência moral;
  • Autoconhecimento;

CineDebate Filosófico: Filme O Senhor das Moscas

O Senhor das Moscas

Reflexões espíritas sobre a ética e a moral na atualidade.

Você está convidado a refletir conosco:

“Como a nossa inclinação natural ao mal - digo, do Homem - é evidenciada através das crianças, que mostram que os déspotas, psicopatas, os sedutores que corrompem os ideais das massas para que possam governá-las, já estão presentes no físico e na mente de jovens pré-adolescentes.”

"Um grupo de estudantes entre os 9 e os 15 anos de idade sofre um desastre de avião e cai numa ilha deserta. Pertenciam a uma academia militar, pelo que o comandante do grupo assume a liderança. No início a alegria é a nota dominante. Não há aulas, não há adultos… só há férias! Como se trata de uma ilha tropical, sentem-se no paraíso. No entanto, é preciso lutar pela sobrevivência para conseguir alimentos, para se protegerem das condições climatéricas e para avisar os possíveis socorristas de que estão vivos… Dividem-se tarefas, estabelecem-se objectivos, mas nem todos os elementos do grupo possuem a mesma motivação. Alguns não estão dispostos a aceitar as regras do jogo, mesmo que o que esteja em causa seja a sobrevivência… Um dos rapazes propõe que se dediquem apenas à caça e às brincadeiras, apresentando aos seus companheiros soluções facéis e de satisfação imediata. Recusa participar nos trabalhos rotineiros que caberiam a todos os estudantes. Desfaz-se a união entre os colegas e alguns seguem o rebelde. Com o desenrolar da história, o comandante do grupo cada vez se vai sentindo mais isolado, mas não cede nas suas convicções e no que ele considera mais adequado para o bem de todos. Mantém a sua estratégia, a única correcta a longo prazo. Mas a sua firmeza é insuportável para os insubmissos que, numa explosão de ódio, tentam matá-lo, depois de já terem morto um dos poucos colegas que o apoiava. É um homem só, o único que não se juntou aos do “outro grupo”. No momento em que está quase a ser apanhado, chegam uns helicópteros salvadores, colocando um ponto final à história, que fica em aberto… a conclusão tem de ser tirada por todos os espectadores do filme ou leitores do livro."

Colaboração de Paulo Martins, Mestre em História e doutorando em Cinema.

Matéria extraída do site

Inscrições encerradas

DATAS:

11, 18, 25 de janeiro;

01 e 08 de fevereiro de 2018

HORÁRIO:

Todas as quintas-feiras, das 20:00 às 21:30 horas

COORDENADOR DOS DEBATES:

Adilson Gomes